Bomba mata autoridade afegã e comandantes do Taliban morrem em ataque aéreo

By | 14/06/2015

Um chefe distrital afegão e outras três pessoas morreram quando o carro no qual viajavam passou por uma bomba instalada na estrada neste domingo, o último de uma onda de assassinatos conduzidos por insurgentes do Taliban.

Um ataque aéreo também matou o "governador" do Taliban para a província oriental de Kunar. Os Estados Unidos e seus aliados continuam a alvejar líderes insurgentes após a retirada da maioria das tropas internacionais depois de 13 anos de guerra.

O porta-voz da polícia para a província de Takhar, Abdul Khalil Asir, disse que o chefe do distrito de Eshkamish e três agentes de segurança foram mortos na madrugada deste domingo.

"Eles estavam indo visitar um posto de controle que tinha sido atacado por talibans durante a noite… quando seu carro foi explodido", disse Asir.

O porta-voz do Taliban, Zabihullah Mujahid, reivindicou a autoria do atentado, que aconteceu um dia depois que insurgentes mataram 17 policiais em outro ataque na província meridional de Helmand.

Também neste domingo, a agência de inteligência interna do Afeganistão disse que o comandante sênior do Taliban, conhecido como governador da província oriental de Kunar, foi morto junto a outros dois comandantes num ataque aéreo.

Internacional