BC aprova compra do HSBC pelo Bradesco

By | 05/01/2016

O Banco Central aprovou a compra da filial brasileira do banco HSBC pelo Bradesco. O negócio, anunciado em agosto, foi fechado por US$ 5,186 bilhões dois meses após o banco britânico tornar pública uma reestruturação global que previa a saída do Brasil e da Turquia.

A compra do HSBC ainda precisa passar pela aprovação do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) para ser efetivada. Só então, o Bradesco poderá iniciar formalmente o processo de incorporação da rede de agências, funcionários e de clientes.

Na aprovação, o Banco Central determinou que o Bradesco assine um termo de concentração em que se compromete a manter a continuidade de serviços, patamar de tarifas e de determinadas agências do HSBC. Os detalhes ainda precisam ser acertados.

O HSBC chegou ao Brasil em 1997 ao comprar o antigo Bamerindus com a promessa de acirrar a concorrência com os bancos brasileiros. No ano passado, teve prejuízo de R$ 549 milhões no Brasil.

Negócios