Barcelona e Bilbao podem ser punidos por vaia de torcidas ao hino espanhol

By | 31/05/2015

O governo espanhol emitiu um comunicado neste domingo (31) em repúdio às vaias que os torcedores de Athletic Bilbao e Barcelona deram durante o hino nacional antes do jogo pela final da Copa do Rei da Espanha. O governo falou em punições aos clubes.

"Em consequência, será convocado para esta segunda (1º) a Comissão Estatal contra a violência, o racismo, a xenofobia e a intolerância no esportes, com o objetivo de proceder e denunciar os procedentes, em aplicação da vigente legislação, cujos princípios devem ser preservados", escreveu em nota.

As torcidas catalã e basca têm em comum um histórico de oposição à soberania do Rei da Espanha, Felipe 6º. Entre outras reivindicações, as regiões pedem a independência do governo de Madri. A manifestação pública, no entanto, foi reprovada pelo governo espanhol.

"Da mesma maneira, considera que qualquer mostra de manifestação de intolerância é sempre reprovada; e ainda mais quando busca a repercussão pública aproveitando um espetáculo esportivo, onde todos os espanhóis têm direito de desfrutar, sem protesto e perturbação que alguns querem impor".

Além das vaias, os cartazes com mensagens políticas são comuns entre as torcidas, com pedidos para que a região se separe da Espanha, seja em mosaicos, bandeiras ou em cantos por independência.

Essa não é a primeira vez que o hino nacional da Espanha é vaiado numa partida entre as equipes. Nas finais de 2009 e 2012 da mesma Copa do Rei, cenas semelhantes já haviam sido registradas, quando apitos foram utilizados para abafar o hino – a cena não foi transmitida pela TV.

A partida foi vencida pelo Barcelona por 3 a 1, que conquistou o 27º título da competição. Messi marcou duas vezes e Neymar completou o marcador para o Barcelona. Willians descontou para o Bilbao.

Ultima Hora