Bancários protestam contra abertura de capital da Caixa

By | 27/02/2015

Após indícios de que o governo planeja abrir o capital da Caixa Econômica Federal, o Sindicato dos Bancários do Ceará promoveu ato contra a proposta na manhã desta sexta-feira (27). O movimento “Em defesa da Caixa 100% pública” se reuniu em frente ao Edifício sede da Caixa em Fortaleza, no centro.

O primeiro sinal da intenção do governo abrir o capital da Caixa ocorreu em dezembro do ano passado, quando a presidente Dilma Rousseff afirmou em entrevista coletiva que em um ano e meio a abertura poderia acontecer. O banco passaria primeiro por um processo de saneamento e depois faria a oferta pública inicial de ações (IPO), abrindo o capital à iniciativa privada. 

O presidente do Sindicato dos Bancários do Ceará, Carlos Eduardo Bezerra, afirma que a entrada do capital privado apresenta um “risco aos programas sociais e ao papel social do banco”. De acordo com ele, os interesses privados podem prejudicar as políticas da Caixa na área. “Os bancos privados  não tem interesse nenhum em política de fomento, de habitação. Eles querem o maior lucro possível no menor espaço de tempo”, diz.

Negócios